Conheça um pouco da história de uma das mais belas e importantes catedrais do Brasil que em breve será reaberta ao público após uma extensa restauração.

Após vários meses de restauro e conservação, a Catedral Basílica de Salvador se prepara para reabrir ao público. Não perca a oportunidade de conhecer de perto uma das mais belas construções da Bahia e do Brasil, localizada no Pelourinho, centro histórico de Salvador!

Confira aqui um pouco da história da Catedral: 

Quando os jesuítas chegaram a Salvador, em 1549, fundaram uma pequena capela dedicada a Nossa Senhora da Ajuda, dentro dos muros da cidade. Mas após receberem em doação um terreno fora dos muros,  fundaram o Colégio dos Meninos em 1550, com sua capela.

A atual igreja é a quarta a ser erguida no mesmo local. A autoria do projeto é incerta e sua pedra fundamental foi lançada em 1657, sendo inaugurada e consagrada em 1672. O frontispício foi concluído em torno de 1679, os sinos vieram de Portugal somente em 1681, as torres foram arrematadas em 1694 e a decoração interna se estendeu por muito mais tempo. Em 1746 foram instaladas estátuas na fachada.

Apesar de ter sido construída durante o período barroco, a arquitetura da Catedral tem um estilo geral maneirista. O revestimento da fachada e do interior é de pedra de lioz importada de Portugal expressamente para a construção. A catedral possui uma única nave, uma capela-mor ladeada de duas pequenas capelas, mais duas capelas no transepto e outras ao longo da nave. A decoração das capelas secundárias é desigual e de difícil datação, tendo sido ornamentadas em diferentes períodos e várias vezes reformadas entre os séculos XVII e XVIII, assumindo características barrocas. Nelas trabalharam vários artistas, entre eles o entalhador João Correia, os irmãos Luís Manuel Trigueiros e Domingos Trigueiros, e os pintores Domingos Rodrigues e Eusébio de Matos.

extenso, tanto em sua parte interna como externa sob supervisão o IPHAN. Não perca a oportunidade de conhecer de perto uma das mais belas construções históricas do Brasil.